22 de abril de 2010

EU TI AMO...


εïз¨`*•. ¸ ¸. -´¸. -♥´¨) ¸. -♥¨) ¸εïз¨`*•. ¸ ¸. -´¸. -♥´¨) ¸. -♥¨) ¸


EU TI AMO...


Poema enviado por: JANETE PRINCE

EU VEJO TEU ROSTO, QUE É SÓ MEU, O MIMO E A TERNURA QUE INVADE ESTE MEU AMOR INFINITO...
POEMAS DIZEM VOZES SÁBIA DE NÓS, NA REFLEXÃO DA LUZ DO NOSSO TEMPO...
TEM FLÔRES QUE BROTAM PARA O AROMA SENTIR NA IMENSIDÃO DO MEU JARDIM QUE RELUZ ABERTO...

SÃO COMO OS PASSÁROS QUE VOAM, EU SOU A VIDA, EU SOU A TUA FLOR, E OUÇO A MÚSICA E CANÇÃO...
SINTO UM IMENSO AMOR NUMA NOITE DE VERÃO, E DURANTE O INVERNO SINTO O ACONCHEGO...
ÉS O MELHOR DE TODOS, COM ESTE ROSTO QUE ME ACARICIA UNIDOS EM MEU AROMADO SEIO...

ONDE SENTE MEU CALOR HUMANO, E CLAMA POR UM DIA ONDE SORRI COMO A BORBOLETA AZUL E AMADO...
NESTE PANORAMA ONDE A NATUREZA SAUDA COM TODA FELICIDADE AO POR DO SOL...
NESTA ESCRITA VEJO O TEMPO PASSAR, E CADA MOMENTO SENTINDO A SUA EXISTÊNCIA...

SÃO MOMENTOS DE ALEGRIA E DE FELICIDADE QUE TOCO A TRADIÇÃO DE UM CAFÉ E UM VIOLINO...
TUDO É ARTE NA VIDA, ATÉ NOSSO AMOR SECRETO, QUE AS VEZES TORNA NOSSO AMOR EM CORAÇÃO...
EU TI AMO E NUM GESTO DE CARINHO, ESTOU NOVAMENTE ONDE TUDO RESPLANDECE...

DESTE AMOR GLORIOSO, ONDE NESTE PEQUENO VERSO EU TE PEÇO A MINHA FELICIDADE...
PODE ATÉ MUDAR DE CIDADE OU FAZER UMA BELA TATUAGEM DE DRAGÃO...
PORQUE ASCENDO MINHA FOGUEIRA PARA APROXIMAR A NOSSA PAIXÃO...

ESTE FOGO QUE ME ENCHE DE AMOR, E AS SENSAÇÕES FAZ PARTE DO SONETO...
NESTE VERSO ATÉ O CAVALO DE SÃO JORGE JÁ VIROU MARCHADOR NAS NOITES DE LUA CHEIA NO PRANTO...
AS PÁGINAS DESTE VERSOS, É UMA SAUDADE INFINITA, DESTE AMOR QUE ANDA COM SUA FACE PERDIDA...

SÃO DUAS NATUREZAS ONDE ROSTO A ROSTO, PODEMOS BEIJAR BEM PROLONGADO...
E DESABAFAR NOS ENSEJOS, NA PROCURA DA CONQUISTA E O TOCAR DO NOSSO CORPO..
NESTE DESEJO INTENSO, ONDE NÓS DOIS ESTAMOS ADORMECENDO APÓS O AMOR QUE É UM FOGO...



(Autor: JANETESAFIRA)

εïз¨`*•. ¸ ¸. -´¸. -♥´¨) ¸. -♥¨) ¸εïз¨`*•. ¸ ¸. -´¸. -♥´¨) ¸. -♥¨)




LÁGRIMAS DE AREIA

Lá estava ela, triste e taciturna.
Testemunha de efêmeros conflitos,
Com um olhar perdido no tempo,
Não exigia nada em troca
A não ser um pouco de atenção.

Sentia-se solitária, oca,
Os homens admiravam-na pelos seus dotes.
As crianças, em sua eterna plenitude,
Admiravam-na muito mais além...
... Mais humana!

De sua profunda melancolia
Lágrimas surgiram.
Elas não umedeceram o seu rosto,
Mas secaram o seu coração,
O poço da alma,
Aumentando cada vez mais
A sua sede.

Lá ela permaneceu; estática, paralisada!
Esperando que o vento do norte a levasse
Para bem longe dali!

O dia começou a desfalecer.
Seu coração, outrora seco e vazio,
Agora pulsava em desenfreada arritmia.
Desespero!
A maré estava subindo...

Em breve voltaria a ser o que era:
Um simples grão de areia.
Quiçá um dia levado pelo vento,
Quiçá um dia... Em um porto seguro.

* ( Agamenon Troyan)
¸

Nenhum comentário:


Obrigada pela sua visitinha, volte sempre, beijos no coração!







Seu Emprego Certo

O portal que partilha os seus rendimentos

Solicite sua Revista Gratis

TOP BLOG

encantodossonhos@gmail.com

Novas amizades, bate-papo, namoro e mais diversão com o Badoo!

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Seguidores

Livre-se das multas de Trânsitos


Top30 Brasil - Vote neste site!

Top30 Brasil